Menu

maternar e trabalhar

maternaretrabalhar2

Blog Component

Quais os melhores horários do dia para fazer publicações no Instagram e Facebook

Você dedica seu tempo para fazer postagens criativas e fantasticas contudo não está tendo o engajamento que desejou?

Como fazer post para instagram

Já parou pra pensar que o que não colabora na hora de crescer não seja a qualidade de suas postagens, tãopouco as redes sociais que você usa. Mas sim o horário em que você está postando sua postagem.

Ficar atento aos horários ideais para fazer postagens nas redes sociais pode ser a grande diferença entre ter sua publicação com engajamento ou nem mesmo ser visto pelos seus seguidores.

Um outro fator importante perfil da sua persona, então o mais indicado é que aplique testes AB.

Melhores horários do dia para fazer publicações no Instagram e Facebook?

1. Rede Social Facebook

O Facebook ainda prevalece entre as redes sociais, com mais de um bilhão de usuários ativos diários. Além disso é a principal escolha de profissionais da área de publicidade.

O que isso quer dizer para sua marca?

Que a concentração de marketeiros é enorme e que ficou mais difícil alcançar seus seguidores.

Na verdade, com as atualizações atuais do algoritmo do Facebook, os usuários veem cada vez mais postagens privadas e ainda menos postagem de páginas de anunciantes.

Sabemos cada dica aprendida contribue e vale a pena conferir!

Horários bons para fazer postagens no Facebook são: 12 horas na quarta-feira e às 2 horas da tarde da quarta-feira e 13 e 14 horas da quinta-feira;

Quinta-feira é ótimo dia para postar no Facebook na semana;

Sábado tem pouquíssimo engajamento do público no Facebook;

Além de querer programar sua postagem para as quartas-feiras e quintas de 13h às 14h, planeje gatilhos da sua publicação de acordo com a intenção do usuário naquele momento.

É viável fazer uma postagem sobre o que fazer na hora do repouso, como ter mais diversão, ou fazer uma postagem engraçada que faça o usuário rir.

2. Instagram

O Insta diz que mais de 80% dos usuários seguem uma firma no aplicativo.

O grande problema é que, da mesma maneira como o Facebook, está mais e mais difícil ser visto de forma gratuita diante de seus seguidores.

Então, por que não ter certeza de entrar em contato com eles da maneira melhor existente possível?

Não deixe passar essa oportunidade e aprenda como fazer bom marketing no Instagram. Comece estando atendo aos melhores horários para postar nesta rede social.

Quais seriam os tops horários para fazer postagens no Instagram?

A melhor hora para postar no Instagram é quarta-feira às 15h, quinta-feira às 5h, 11h, 15h e 16h e sexta-feira às 5h da manhã.

Quinta-feira é o melhor dia para postar no Instagram.

Os horários mais estáveis para fazer postagens seriam de terça a sexta-feira, das 9 às 18 horas.

Domingo é fraco o envolvimento.

Esses dados nos mostram diversas tendências muito interessantes.

Para começar, alguns dos maiores engajamentos foram às 5 da madrugada de terça-feira a sexta-feira. É provável que o movimento condiz as pessoas acordando e verificando seus celulares na primeira hora da manhã.

Os seguidores do Instagram com idade menor de 25 anos gastam por volta de 32 min por dia no aplicativo. Dessa maneira, post nas pausas do almoço, quando os usuários estão pegando no telefone para verificar o feed.

Leia mais sobre: como fazer post no instagram

Ao contrário do que ocorre no Face, no Insta, os finais de semana possuem engajamento próximo ao que ocorre durante a semana.

Resumo

Em tempos de algoritmos que prejudicam o alcance gratuito de marcas e empresas, saber os melhores horários para publicar nas redes sociais é extremamente útil.

Sobretudo, interessante também são os softwares que permitem que você faça suas publicações e agendá-las para os horários que considerar mais apropriado.

Se você é afiliado e tem monitorar diversos perfis, próprios e de clientes variados em diversas redes sociais, adquirir o posts de sucesso pode sim ser a salvação pra você! E a certeza de que você vai conseguir elaborar lindas postagens, bem como se dedicar a outras ocupações que precisam mais da sua atenção e prática.

Leia mais sobre: como fazer post no instagram

Melhores horários do dia para postar no Instagram e Facebook

Se você dedica seu tempo para fazer postagens criativas e legais todavia não está tendo o engajamento que desejou?

Como fazer post para instagram

Possivelmente o que te impede de crescer não seja o tipo de suas publicações, nem as redes sociais que você usa. Mas sim a hora do dia em que você está postando o seu conteúdo.

Ficar de olho no horários nobres para postar no facebook e instagram pode ser a diferença entre ter sua publicação compartilhada, curtida visualizada ou nem ser visualizado pelos seus seguidores.

Uma outra coisa decisiva é perfil do seu leitor, sendo assim o recomendado é que faça testes AB.

Melhores horários do dia para postar no Facebook e Instagram?

1. Facebook

O Facebook ainda prevalece entre as mídias sociais, com mais de 1,4 bilhão de usuários ativos diariamente. Também é a primeira escolha de profissionais que trabalham com de publicidade.

O que isso quer dizer para sua marca?

Que a concentração de anunciantes é enorme e que ficou mais difícil alcançar seus clientes.

Certamente, com as atualizações mais recentes do algoritmo do Facebook, os usuários veem cada vez mais postagens privadas e veem menos publicações de páginas com caráter comercial.

Nessa hora cada dica apresentada conta e vale a pena conferir!

Horários bons para publicar no Facebook são: 12 horas na quarta-feira e às 2 horas da tarde da quarta-feira e quinta-feira às 13h e 14h;

Quinta-feira é excelente dia para fazer publicações no Facebook na semana;

Sábado tem bem pouco engajamento do público no Facebook;

Além de simplesmente programar sua postagem para as quartas-feiras e quintas-feiras de 13h às 14h, planeje o discurso da sua publicação de acordo com o objetivo do usuário no determinado momento.

É possível fazer uma publicação sobre o que fazer na hora do descanso, como ter mais diversão, ou fazer uma publicação divertida que faça leitor rir.

2. Insta

O Instagram diz que por volta de 80% dos usuários seguem uma companhia no aplicativo.

O maior problema é que, da mesma forma como o Face, está ficando mais difícil aparecer organicamente para seus seguidores.

Então, por que não ficar certo de entrar em contato com eles da maneira melhor existente possível?

Não durma no ponto e aprenda como fazer marketing rentável no Instagram. Comece estando atendo aos horários ideais para fazer postagens nessa rede social.

Quais são os melhores horários para publicar no Instagram?

No Instagram o melhor dia para fazer publicações é quarta-feira às 3 da tarde, quinta-feira às 5h, 11h, 15h e 16h e sexta-feira às 5h da madrugada.

Quinta-feira é o melhor dia para postar no Instagram.

Os horários mais estáveis para publicar seriam de terça a sexta-feira, das 9 às 18 horas.

Domingo é fraco o envolvimento.

Isso nos mostram diversas tendências muito curiosas.

Para começar, os maiores engajamentos foram obtidos às 5 da manhã de terça a sexta-feira. É provável que esse movimento condiz as pessoas quando acordam e verificando seus telefones no início da manhã.

Os usuários do Instagram com menos de 25 anos gastam cerca de 32 min diários no aplicativo. Dessa maneira, publique nas pausas do almoço, quando os internautas pegam no telefone para verificar o feed.

Saiba mais sobre: como fazer post no instagram

Ao inverso do que acontece no Face, no Instagram, os fins de semana tem engajamento perto ao que ocorre durante a semana.

Conclusão

Temos algoritmos que complicam o alcance orgânico de marcas e empresas, conhecer os melhores horários para publicar nas redes sociais é imensamente conveniente.

Entretanto, mais útil ainda são os softwares que ajudam que você crie suas publicações e agendá-las para os horários que julgar mais apropriado.

Você que é afiliado e necessita monitorar vários perfis, seus e de clientes diferentes em várias redes sociais, adquirir o posts de sucesso pode se tornar a salvação pra você! E a certeza de que você vai conseguir elaborar lindas postagens, bem como se dedicar a outras ocupações que necessitam mais da sua atenção e conhecimento.

Saiba mais sobre: como fazer post no instagram

Como ter dinheiro Online

Você que está à procura de um modo de aprender como ganhar dinheiro na net, congratulação! Está no blog correto.

ganhar dinheiro online

Nesse artigo mostramos diversas maneiras de ganhar dinheiro online utilizando para isso a internet, estando no conforto da sua casa e sendo possível combinar família e trabalho.

Acha impossível? Mas, não é. Tudo isso é fruto de muito estudos, trabalho e determinação.

Mas,vamos lá! Acaso é verdadeiramente possível ganhar dinheiro na net e viver só do marketing digital?

Bom! Eu tenho 47 anos, sou técnica em informática e até poucos anos atrás eu passava por uma situação financeira peculiar.

Após uma separação conjugal , acabei ficando com tres crianças, 2 jovens, 14 e 15 anos e uma menina de 4 anos de vida. Mudei por necessidade a faculdade de direito comercial por dois empregos, um na minha área (informática) e outro na produção de uma fábrica. Acreditem ou não, mesmo assim a grana faltava. Quanto mais eu trabalhava, mais difícil a situação ficava.

E eu precisei procurar um novo trabalho complementar, só que precisaria ser feito no lar, por que só me sobrava as madrugadas!

Foi nesse momento que conheci o mercado digital e me encantei pela idéia de trabalhar online.

E será que é fácil, trabalhar online?

Não! Ganhar dinheiro na internet, não é missão simples. Efetuar algumas vendas sim. E isso é importante você entender, tem uma diferença muito entre fazer poucas vendas na net e conseguir viver disso.

Se você deseja viver desse trabalho, é muito importante saber que é esforço e não sorte. está lembrado que eu escrevi acima que tinha 2 empregos? Não se assuste, hoje trabalho ainda mais! Dado que é meu, dado que amo meu trabalho, porque quero e dado que tenho resultados expressivos e isso me incentiva muito.

A diferença, é que trabalho no lar. Já não necessito que ficar horas no trânsito, nem pagar gasolina, nem tenho que ficar procurando alguém pra tomar conta da minha filha. E o que ganho me possibilita, ter um dia a dia estável. Aquela agonia financeira terminou!

Só não ache que sou rica....estou longe disso!

E como funciona trabalhar na net?

Antes de mais nada quero falar que não conheço a receita mágica para ficar rica de repente e muito menos sem fazer nada.

Gosto muito de poder trabalhar em casa, mas como todo outro trabalho ele precisa ser executado, é fundamental se dedicar muito, ter muita disciplina e força de vontade.

Termine com o desespero de ganhar dinheiro rápido e não tenha medo de errar e quebrar a cabeça, cada tombo te levará pra frente até você alcançar seu objetivo.

Veja mais sobre: ganhar dinheiro online

Invista em um ótimo curso online, estude e construa uma estrutura sólida, um plano a médio e longo prazo.

Se você é daquelas criaturas que compram um curso atrás do outro... tadinho!

Não é a aquisição de cursos que te fará progredir e sim executar e colocar em prática. Escolha uma estrátegia e aplique até dar certo. Quando der certo, expanda! Se errar refaça tudo!

Invista em bons livros, em conhecimento. Acompanhe pessoas de sucesso, assine canais, analise seus concorrentes, trabalhe com métricas ou seja leve seu trabalho a sério.

Liberdade financeira – Ganhar dinheiro em casa

Nos Estados Unidos, milhões de pessoas estão encontrando no marketing digital uma forma de ganhar dinheiro na internet e dessa maneira estão conseguindo sua tão sonhada liberdade financeira.

Essa moda está também chegando ao Brasil, uma vez que a internet cresce muito no mundo afora.

Ter a possibilidade de ser seu próprio patrão, trabalhando em casa, construindo e gerenciando sites, blogs e E-commerce parece um caminho maravilhoso.

Além do mais é possivel todo mundo aprender, sendo um universitário ou não. O importante é a determinação e vontade de fazer.

Veja mais sobre: ganhar dinheiro online

Como ganhar dinheiro Online

Se você está à procura de um modo de descobrir como trabalhar na internet, parabéns! Está no site certo.

ganhar dinheiro online

Nesse artigo mostramos ótimas maneiras de trabalhar de forma lucrativa em casa utilizando para isso redes sociais, blog e ministes, estando no conforto do seu lar e podendo combinar esse trabalho com família e vida privada.

Parace espantoso e exagerado? Todavia, não é. Isso tudo é fruto de muito trabalho, estudos e determinação.

Sendo assim,vamos lá! Acaso é realmente possível trabalhar online e viver só do mercado digital?

Bom! Eu tenho 47 anos, sou formada em informática e há alguns poucos anos atrás eu passava por uma situação financeira assombrosa.

Depois de um divórcio , acabei ficando com 3 filhos, 2 adolecentes, 15 e 14 anos e uma filha de quatro anos de vida. Mudei por necessidade os estudos de direito comercial por 2 empregos, um na minha área (informática) e outro em uma fábrica. Acreditem ou não, mesmo assim o dinheiro faltava. Quanto mais eu trabalhava, mais difícil a situação ia ficando.

Dessa forma comecei a procurar um terceiro trabalho complementar, mas agora precisaria ser feito no lar, por que só me sobrava as madrugadas!

Foi aí que li sobre o mercado digital e me encantei pela idéia de trabalhar em casa.

E será que é fácil, trabalhar pela internet?

Não! Ganhar dinheiro na internet, não é tarefa fácil. Realizar uma ou duas vendas sim. E isso é fundamental você saber, tem uma diferença muito entre fazer poucas vendas na net e ganhar dinheiro online podendo viver disso.

Se você quer viver desse trabalho, é primordial saber que é esforço e não sorte. Você viu que eu contei acima que tinha 2 trabalhos? Pois é, hoje trabalho mais ainda! Dado que é meu, pois sou apaixonada pelo meu trabalho, porque quero e dado que tenho resultados e isso me incentiva muito.

O que mudou, é que trabalho no lar. Já não tenho que ficar horas no congestionamento, nem gastar dinheiro com gasolina, nem preciso ficar atrás de uma pessoa pra cuidar da minha princesa. E o retorno financeiro me possibilita, pagar minhas contas. Aquele sufoco financeiro terminou!

Ah e antes que alguém pense que sou rica....estou distante disso!

E como funciona trabalhar online?

Antes de mais nada quero dizer que não conheço a receita mágica para ficar rica da noite para o dia e ainda mais sem trabalhar.

Amo poder trabalhar em casa, mas como todo outro trabalho ele precisa ser executado, é essencial se dedicar muito, ter grande força de vontade e disciplina.

Termine com o desespero de ganhar dinheiro da noite para o dia e aprenda a errar e quebrar a cabeça, cada tombo te levará pra frente até você atingir seu objetivo.

Veja mais sobre: ganhar dinheiro online

Invista em um ótimo curso online, escolha bem e construa uma estrutura sólida, um plano a médio e longo prazo.

Caso você é daquelas mulheres que compram um curso atrás do outro... tadinho!

Não é a aquisição de cursos que te ajudará a progredir e sim colocar em prática. Escolha uma estrátegia e aplique até dar certo. Quando der certo, expanda! Se errar refaça tudo!

Adquira e invista em bons livros, em conhecimento. Siga profissionais de sucesso, visite canais, analise seus concorrentes, trabalhe com métricas e leve seu trabalho com responsabilidade.

Liberdade financeira – Ganhar dinheiro em casa

Nos Estados Unidos, milhões de pessoas estão encontrando no marketing digital uma maneira de ganhar dinheiro trabalhando em casa e dessa maneira estão alcançando sua tão almejada autonomia financeira.

Essa moda está também chegando ao Brasil, uma vez que a internet cresce assustadoramente no mundo todo.

Ter a oportunidade de ser seu próprio patrão, trabalhando pro lar, fazendo e gerenciando blogs,sites e E-commerce parece um caminho fantástico.

Além de tudo dá para todo mundo aprender, sendo um universitário ou não. O importante é a determinação e vontade de fazer.

Saiba mais sobre: ganhar dinheiro online

Como ter peticao inicial pronta

Já parou para pensar o que peça inicial precisa ter para ser excelente?

peticao inicial pronta

Vamos analisar alguns pontos?

1 – Preparação e planejamento

Ao longo dos meus quase 10 anos de advocacia, aprendi que antes de anotar uma petição inicial é imprescindível preparar, montando a estratégia para a peça.

O advogado deve estudar muito o caso passado pelo cliente, rascunhar os pontos principais da petição, no papel ou mentalmente, traçando uma estratégia processual bem estipulada, inclusive já indicando os eventuais fundamentos na lei e respectivas consequencias.

Partir para a escrita sem passar por essa etapa é correr o risco de escrever uma petição sem ter um rumo, o que gera uma gigantesca perda de tempo e, logicamente, de dinheiro também.

Veja mais sobre peticao inicial pronta

2 – Levantamento do direito processual e material

Para inserir os fundamentos jurídicos, uso uma técnica simples: abro um arquivo de texto à parte e insiro ali diversos os pontos jurídicos a serem abordados.

Artigos da lei material processual (CPC, art. 319), doutrina específica, jurisprudência enfim, tudo que for útil e importante.

E conforme escrevo, vai “tickando” cada um dos itens. Deste modo minha mente entende, inclusive, que o documento está progredindo, o que mantém o foco e cria ainda mais energia para ir em frente, uma vez que, ser produtivo também é importante.

3 – pedir e requerer:

Você acha que na situação atual do Judiciário, o juiz tem possibilidade de ler detalhadamente todas as petições que chegam ao gabinete?

E aí, o que a maioria deles faz?

ler imediatamente os requerimentos e pedidos.

Qual o motivo?

Por uma razão simples: é lá que está (ou pelo menos deveria se encontrar) a pretensão jurídica.

Só depois, é que se parte para os acontecimentos e argumentação jurídica.

Não gosta disso? Contudo é a realidade, então temos de encará-la.

Então, tenha atenção nos seus pedidos.

Veja se você elencou todas as necessidades ou todos os desejos do seu cliente, em termos jurídicos.

Além disso, não deixe os requerimentos para trás, eles também são importantíssimos (e o novo CPC tem novidades sobre esse assunto, como, por exemplo, o inciso VII do art. 319!).

4 – Objetividade, Concisão e clareza

Hoje em dia, tudo é muito acelerado, movimentado, o tempo corre.

Encerrou-se a era da advocacia clássica e manual em que o jurista redigia 30 ou 40 folhas numa petição inicial cheia de repetições e termos jurídicos, além dos termos em latim.

Atualmente quanto mais objetiva e direta for a peça inicial, melhor será, até mesmo para o advogado, que obterá uma maior “simpatia” do juiz e amplificará as chances de que sua peça seja realmente bem analisada.

Não quero falar que a escrita culta deva ser deixada de lado.

Escrever corretamente continua sendo fundamental.

Mas os excessos e os rebuscamentos devem ser eliminados.

Ser mais claro, usar frases compactas, ser diretos, além de escrever de forma correta, ajudará com a qualidade da linguagem e da expressão de parecer dentro do requerimento.

5 – Revisão e leitura crítica

Trabalhar a petição em etapas permite revisar, depois, aquilo que foi anotado anteriormente, isso elimina as chances de deixar de lado pontos essenciais.

Nosso cérebro percebe mais e opera melhor os dados dessa forma.

Ao ler de novo algo que foi escrito há um ou dois dias, surge novos aspectos sobre o tema.

Saiba mais sobre peticao inicial pronta


Saiba como ter peticao inicial pronta

Você sabe o que uma petição inicial necessita ter para ser excelente?

peticao inicial pronta

Vamos analisar alguns pontos?

1 – Preparação e planejamento

Ao longo dos meus quase 12 anos de advocacia, aprendi que antes de escrever uma petição inicial é imprescindível preparar, criando a estratégia para a petição.

Analise bastante o caso ocorrido pelo cliente, rascunhar os pontos principais do requerimento, no papel ou mentalmente, trabalhando em uma estratégia processual bem firme, inclusive já apontando os possíveis fundamentos jurídicos e respectivas consequencias.

Iniciar sem passar por essa etapa é correr o risco de escrever uma petição sem ter um norte, o que gera uma grande perda de tempo e, provavelmente, financeira também.

Veja mais sobre peticao inicial pronta

2 – Levantamento do direito processual e material

Para levantar os fundamentos jurídicos, uso uma dica simples: abro um arquivo de texto separado e coloco ali todos os aspectos jurídicos a serem analisados.

Jurisprudência, artigos da lei material e processual, doutrina específica ou seja, tudo que for de utilidade e fundamental.

E a proporção que escrevo, vai “tickando” cada um dos pontos. Isso faz com que minha mente percebe, inclusive, que o documento está se formando, isso mantém o foco e aumenta ainda mais energia para continuar, uma vez que, ser produtivo motiva.

3 – pedir e requerer:

Você acredita que na atual situação do Judiciário, o juiz tem como ler minuciosamente todas as peças que chegam ao gabinete?

E aí, o que a maioria deles faz?

Ler diretamente os pedidos e requerimentos.

Qual a justificação?

Por uma razão simples: é lá que está (ou pelo menos deveria se encontrar) a pretensão jurídica.

Posteriormente se parte para os fatos e fundamentos jurídicos.

É triste? Sim. Contudo é a realidade, sendo assim temos de encará-la.

Por isso, tenha atenção nos seus pedidos.

Veja se você elencou todas as necessidades ou todos os desejos do seu cliente, em termos jurídicos.

Além disso, não deixe os requerimentos para trás, eles também são importantíssimos (e o novo CPC tem novidades sobre esse assunto, como, por exemplo, o inciso VII do art. 319!).

4 – Objetividade, Concisão e clareza

Hoje em dia, tudo é muito ligeiro, concorrido, não há tempo a perder.

Terminou a época da advocacia clássica e manual em que o advogado redigia 30 ou 40 folhas numa peça inicial cheia de repetições e “juridiquês”, além dos vocabulário em latim.

Hoje quanto mais objetiva e direta for a peça inicial, melhor será, inclusive para o advogado, que terá uma maior “simpatia” do juiz e terá as chances de que sua peça seja realmente bem analisada.

Não quer dizer que a formulação erudita deva ser abandonada.

Escrever sem erros continua sendo essencial.

Mas os exageros e os rebuscamentos devem ser evitados.

Ser mais preciso, usar períodos curtos, ser diretos, além de escrever de forma correta, melhorará a qualidade da linguagem e da transmissão de ideias dentro da petição.

5 – Análise e revisão

Revise antes de enviar, aquilo que foi redigido anteriormente, isso diminui as chances de esquecer pontos essenciais.

Nossa mente percebe mais e processa melhor as mensagens dessa forma.

rever novamente algo que foi feito há um ou dois dias, surge aspectos novos sobre o assunto.

Saiba mais sobre peticao inicial pronta


Quer ter uma peticao inicial pronta

Você sabe o que um requerimento inicial precisa ter para ser excelente?

peticao inicial pronta

Vamos analisar alguns pontos?

1 – Preparação e estratégia

Ao longo dos meus quase 12 anos de experiencia, compreendi que antes de redigir uma petição inicial é necessário prepará-la, montando a estratégia para a petição.

O advogado deve estudar bastante o caso passado pelo cliente, rascunhar os pontos principais da petição, no papel ou mentalmente, traçando uma estratégia processual bem estipulada, inclusive já mencionando os eventuais fundamentos jurídicos e consequencias esperadas.

Começar sem passar por essa fase é correr o risco de ter uma petição sem ter um rumo, o que ocasiona uma gigantesca perda de tempo e, logicamente, de dinheiro também.

Veja mais sobre peticao inicial pronta

2 – Levantamento do direito processual e material

Para levantar os fundamentos jurídicos, uso um trick simples: abro um arquivo de texto separado e insiro ali diversos os aspectos jurídicos a serem analisados.

Jurisprudência, artigos da lei material e processual, doutrina específica somente, tudo que for útil e fundamental.

E ao passo que escrevo escrevo, vai “tickando” cada um dos itens. Isso faz com que minha mente percebe, inclusive, que o trabalho está progredindo, o que mantém o foco e aumenta ainda mais energia para prosseguir, afinal, ser produtivo anima.

3 – Pedidos e requerimentos:

Você pensa que na atual condição do Judiciário, o juiz tem condições de ler atentamente todas as petições que entram ao gabinete?

E qual a reação espontânea?

Ler diretamente os pedidos e requerimentos.

Qual o motivo?

Por uma razão simples: é lá que mora (ou pelo menos deveria morar) a pretensão jurídica.

Só depois, é que se parte para os fatos e argumentação jurídica.

É triste? Sim. Todavia é a realidade, dessa maneira temos de encará-la.

Por isso, tenha atenção nos seus pedidos.

Veja se você elencou todas as necessidades ou todos os desejos do seu cliente, em termos jurídicos.

Além disso, não deixe os requerimentos para trás, eles também são importantíssimos (e o novo CPC tem novidades sobre esse assunto, como, por exemplo, o inciso VII do art. 319!).

4 – Clareza, concisão e objetividade

Atualmente, tudo é muito acelerado, dinâmico, o tempo corre.

Encerrou-se a época da advocacia clássica e manual em que o jurista precisava escrever 30 ou 40 páginas numa peça inicial recheada de repetições e termos jurídicos, além dos termos em latim.

Hoje em dia quanto mais direta e objetiva for a petição inicial, melhor será, inclusive para você como advogado, que contará com uma maior “simpatia” do juiz e amplificará as chances de que sua peça seja realmente bem analisada.

Não significa que a norma culta deva ser abandonada.

Escrever corretamente continua sendo essencial.

Mas os exageros e os rebuscamentos devem ser evitados.

Ser mais claro, usar frases curtas, ser diretos, além de variar as palavras sinônimas, melhorará a qualidade da linguagem e da transmissão de parecer dentro da peça.

5 – Reveja e analise

Revise antes de enviar, aquilo que foi anotado anteriormente, isso diminui as chances de deixar de lado pontos importantes.

Nosso cérebro percebe mais e opera melhor as mensagens dessa maneira.

Ao ler novamente um texto que feito há um ou dois dias, surge uma nova visão sobre a tese.

Saiba mais sobre peticao inicial pronta


Como acabar com o zumbido no ouvido

Existem diversos tipos de zumbido no ouvido, e acreditamos que seu chiado caia dentro de uma dessas categorias.

zumbido no ouvidoTinnitus subjetivo

Aqui se encontra o mais comum de zumbido, e muitas vezes é provocado pela exposição ao barulho alto.

O zumbido é uma luta para muitas pessoas, já que o som transcede outros sons significativos no meio ambiente, complicando o foco naquilo que é importante para você.

O zumbido subjetivo é frequentemente tratado com próteses auditivas que emitem um ruído sedante, desviando-o do zumbido.

Tinnitus sensorial

O barulho sensorial é frequentemente um efeito colateral de um sistema auditivo prejudicado. Até o momento, não há uma terapia séria para o zumbido sensorial, contudo o uso de um plano de administração de zumbido determinado pode auxiliar a reduzir seus efeitos negativos.

O zumbido sensorial é na verdade uma forma de zumbido subjetivo. Geralmente é causada por diversos distúrbios que afetam a maneira como a mente processa o som.

Chiado somático

O apito somático é um tipo de zumbido tradicionalmente associado a atividade física e ao tato. Pode ser causado por dores musculares na orelha ou no pescoço e por diversas causas mecânicas. Embora a terapia de som possa ser utilizado para o barulho somático, muitas vezes outros sistemas de gerenciamento, como o tratamento de massagem podem ser úteis.

Qualquer coisa que ajude a girar o pescoço, pode ser a fonte de zumbido somático.

O zumbido somático também é conhecido de zumbido condutor, o que significa que é barulho provocado por mais funções externas, ao invés de aspectos sensoriais / neurológicos. Muitas vezes, as causas mecânicas do zumbido podem ser ouvidas por outros.

Motivo de chiado

Este é um dos tipos mais escassos de barulho. O zumbido objetivo é o único chiado que pode ser escutado por um observador externo, normalmente com um estetoscópio. O zumbido objetivo normalmente se move com os batimentos cardíacos.

Veja mais sobre zumbido no ouvido. Clique aqui!

Gerencie seu barulho

Todo caso de barulho é único, contudo você não está desassistido. Estudos apontam que 15% dos indivíduos sofra de barulho no ouvido. No entanto há esperança.

Tratamento de zumbido

Não há uma cura ideal para o barulho, mas existem diversos tipos de opções de gerenciamento de zumbido disponíveis. Vários tratamentos não são mais do que truques, mas as abordagens de gestão apresentam resultados.

Terapia para zumbido

Não existe uma cura ideal para o ruído no ouvido, nenhuma cirurgia ou medicamento para curar definitivamente este problema, no entanto há formas que podem diminuir e em alguns casos até curar, a principal delas é utilizando a terapia de sons.

Caso você já foi ao médico, fez testes, consultas, usou medicamentos e nada disso ajudou a resolver o seu problema, a melhor coisa para você agora é um tratamento 100% online, indicamos o Programa de Restauração Auditiva.

O tratamento é um método totalmente online e é dividido em 3 partes:

O tratamento de sons da natureza;

Terapia ruído branco;

Terapia sons clássicos;

Contém mais de 30 arquivos profissionais para cuidar do mal e te auxiliar a acabar definitivamente com o zumbido no ouvido, além de um E-book mostrando em um passo a passo como funciona este este processo.

Dessa maneira se você deseja acabar de vez com o apito no ouvido de forma completamente natural, terminando com a dor nos ouvidos, dor de cabeça tonturas, sem precisar de medicamentos que acabam com sua saúde e trazem efeitos colaterais, esse tratamento poderá ser um divisor de águas na tua vida.

Saiba mais sobre zumbido no ouvido. Clique aqui!

Como acabar com o zumbido no ouvido

Tem diversos tipos de apito no ouvido, e acreditamos que seu barulho possa ser incluído dentro de alguma dessas categorias.

zumbido no ouvidoZumbido subjetivo

Aqui se encontra o mais comum do zumbido, e diversas vezes é originado pela exposição ao barulho alto.

O zuado é uma batalha para várias pessoas, sendo que o som ultrapassa outros sons relevantes no meio ambiente, dificultando o foco no que é determinante para você.

O zumbido subjetivo é frequentemente tratado com próteses auditivas que desempenham um ruído calmante, distraindo-o do zumbido.

Tinnitus sensorial

O zumbido sensorial é frequentemente um fruto colateral de um sistema auditivo prejudicado. Até o momento, não há uma medicação renomada para o zumbido sensorial, mas o uso de um plano de gerenciamento de zumbido estabelecido pode auxiliar a diminuir seus efeitos desfavoráveis.

O zumbido sensorial é na verdade uma maneira de zumbido subjetivo. Geralmente é provocada por muitos distúrbios que interferem a maneira como o cérebro processa o som.

Zumbido somático

O barulho somático é um tipo de barulho particularmente relacionado ao movimento físico e ao tato. Pode ser gerado por espasmos musculares na orelha ou no pescoço e por variadas fontes mecânicas. Mesmo que a terapia de som possa ser usada para o barulho somático, diversas vezes outras técnicas de gestão, como o tratamento de massagem também podem ser favoráveis.

Tudo que ajude a girar o pescoço, pode ser a fonte de barulho somático.

O apito somático também é conhecido de zumbido condutor, o que quer dizer que é barulho causado por mais funções externas, ao invés de causas sensoriais / neurológicos. Diversas vezes, as causas mecânicas do zumbido podem ser escutadas por outros.

Motivo de zumbido

Veremos um dos tipos mais difíceis de apito. O zumbido objetivo é o único deles que pode ser escutado por um cientista externo, geralmente com um estetoscópio. O barulho objetivo frequentemente se mexe com as batidas cardíacas.

Veja mais sobre zumbido no ouvido. Clique aqui!

Administre seu chiado

Todo caso de apito é único, todavia você não está sozinho. Estudos apontam que 15% dos indivíduos sofra de zumbido. Mas existe confiança.

Terapia de zumbido

Não há uma cura conhecida para o zumbido, mas tem diversos tipos de opções de administração de zumbido que podem ser usados. Vários tratamentos não são mais do que truques, mas as abordagens de gestão demonstram resultados.

Tratamento para chiado no ouvido

Não tem uma cura específica para o chiado no ouvido, nenhuma cirurgia ou medicamento para curar completamente esse mal, todavia há maneiras que podem aliviar e em algumas vezes até curar, a principal forma é utilizando a terapia de sons.

Se você já tenha ido ao médico, fez exames, consultas, usou remédios e nada disso contribuiu para solucionar o seu problema, a melhor alternativa para você agora é um tratamento 100% online, chamado Programa de Restauração Auditiva.

O tratamento é um método totalmente online e é composto por 3 partes:

O tratamento de sons da natureza;

Terapia ruído branco;

Terapia sons clássicos;

São mais de 30 arquivos específicos para cuidar do mal e te ajudar a acabar definitivamente com o barulho no ouvido, além de um livro digital mostrando em um passo a passo como funciona este este processo.

Então se você quer encerrar de vez com o apito no ouvido de forma totalmente natural, destruindo a dor nos ouvidos, dor de cabeça tonturas, sem necessitar de remédios que acabam com sua saúde e trazem efeitos colaterais, esse tratamento poderá ser um uma alternativa de muito valor.

Saiba mais sobre zumbido no ouvido. Clique aqui!

Como eliminar o zumbido no ouvido

Tem diversos tipos de zumbido no ouvido, e creio que seu zumbido caia dentro de alguma dessas categorias.

zumbido no ouvidoZumbido subjetivo

Aqui está o mais comum do zumbido, e muitas vezes é causado pela exposição ao ruído alto.

O zumbido é uma luta para muitas pessoas, uma vez que o som ultrapassa outros sons significativos no meio ambiente, atrapalhando o foco no que é importante para você.

O zumbido subjetivo é geralmente cuidado com próteses auditivas que tem um ruído calmante, desviando-o do zumbido.

Tinnitus sensorial

O zumbido sensorial é frequentemente um resultado colateral de um sistema auditivo prejudicado. Até a data, não há uma cura séria para o zumbido sensorial, no entanto o uso de um programa de administração de zumbido determinado pode ajudar a reduzir seus efeitos desfavoráveis.

O zumbido sensorial é na verdade uma forma de zumbido subjetivo. Geralmente é provocada por muitos distúrbios que interferem a maneira como o cérebro processa o som.

Barulho somático

O barulho somático é um tipo de barulho tipicamente correlacionado a atividade física e ao toque. Pode ser gerado por dores musculares no pescoço ou na orelha e por diversas causas mecânicas. Mesmo que o tratamento de som possa ser utilizado para o chiado somático, muitas vezes outras técnicas de gerenciamento, como o tratamento de massagem podem ser úteis.

Tudo aquilo que faça movimentar o pescoço, pode ser a fonte de barulho somático.

O apito somático também é conhecido de zumbido condutor, o que quer dizer que é zumbido provocado por mais funções externas, ao invés de causas sensoriais / neurológicos. Muitas vezes, as causas mecânicas do zumbido podem ser escutadas por outros.

Motivo de zumbido

Aqui está um dos tipos mais raros de apito. O zumbido objetivo é o único ruído que pode ser escutado por um espectador externo, normalmente com um estetoscópio. O barulho objetivo frequentemente se mexe com as batidas cardíacas.

Veja mais sobre zumbido no ouvido. Clique aqui!

Administre seu zumbido

Todo caso de chiado é único, mas você não está desassistido. Estudos dizem que 15% dos indivíduos sofra de zumbido. Mas existe esperança.

Terapia de zumbido

Não existe uma cura ilustre para o zumbido, mas existem diversos tipos de opções de gerenciamento de zumbido que podem ser usados. Diversos tratamentos não são mais do que truques, contudo as abordagens de gestão apresentam resultados.

Tratamento para zumbido

Não tem uma cura ideal para o ruído no ouvido, nenhuma cirurgia ou medicamento para curar completamente este problema, contudo existem formas que podem acalmar e em algumas vezes até curar, a principal forma é utilizando a terapia de sons.

Se você já foi ao médico, fez testes, consultas, usou remédios e nada disso contribuiu para solucionar o seu problema, a melhor dica para você nesse momento é um tratamento 100% online, indicamos o Programa de Restauração Auditiva.

O tratamento é um método totalmente feito pela internet e é composto por 3 partes:

A terapia de sons da natureza;

Parte 2 - ruído branco;

Terapia sons clássicos;

Você recebe mais de 30 arquivos únicos para tratar o mal e te ajudar a eliminar definitivamente com o chiado no ouvido, além de um E-book explicando como funciona este este processo.

Caso você pretende encerrar de vez com o zumbido no ouvido de forma totalmente natural, destruindo dor de cabeça, tontura, sem precisar de remédios que acabam com sua saúde e trazem efeitos colaterais, esse tratamento pode ser um divisor de águas na tua vida.

Saiba mais sobre zumbido no ouvido. Clique aqui!

View older posts »

Search

Comments

There are currently no blog comments.